Amil Resgate recebe recertificação

Entidade internacional que atesta excelência de serviços em saúde reconhece pela 4ª vez o sistema de transporte inter-hospitalar em ambulância do Amil Resgate

Amil Resgate, sistema de transporte inter-hospitalar de pacientes em estado grave e de alta complexidade da Amil, recebeu este mês, pelo 4º triênio consecutivo, a certificação da Joint Commission International (JCI) – o mais importante órgão certificador de instituições de saúde do mundo. O Amil Resgate é o único serviço de transporte médico certificado na América Latina e está entre os seis serviços de transporte médico com essa credencial no mundo.

Com 28 anos de atuação no Brasil, o Amil Resgate tem uma média de 1.800 remoções por mês e cerca de 22 mil atendimentos somente em 2020. O serviço conta com UTIs móveis e profissionais qualificados para realizar o atendimento e transporte seguro de pacientes entre unidades hospitalares. Sua frota, composta por 17 ambulâncias que atuam nos estados de São Paulo e Rio de Janeiro, atendem diariamente casos como politraumatismo, emergências cardiológicas e neurológicas.

“A missão do Amil Resgate é prover aos nossos clientes atendimento médico de excelência, humanizado e com tecnologia de ponta nas áreas de urgência e emergência, bem como garantir conforto e segurança durante os transportes. Receber essa recertificação é uma forma de reforçar que estamos cumprindo essa missão. Estamos muito orgulhosos”, afirma Ronaldo Kalaf, diretor do Amil Sistema de Saúde.

Com sede nos Estados Unidos, a Joint Commission International (JCI) atua há mais de 50 anos com o objetivo de criar uma cultura de segurança e qualidade no cuidado ao paciente. A informação e a experiência obtidas na avaliação das organizações são utilizadas para atualizar os princípios da acreditação periodicamente, o que garante seu alinhamento com as mais elevadas técnicas e procedimentos de protocolos de tratamento e procedimentos, infraestrutura hospitalar, controle de infecções e manutenção de equipamentos. Na certificação de serviços de emergência são avaliados pela comissão da JCI itens como aplicação de protocolos para casos clínicos críticos; programa de controle de infecções; manutenção preventiva de frotas terrestres; comunicação visual alinhada a parâmetros internacionais; entre outros.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WhatsApp Atendimento via Whatsapp